login


Cadastre-se aqui
senha
 

Esqueceu sua senha?

Home
Controle de qualidade
Curriculum do diretor
Publicações científicas
Artigos
Genetika na mídia
Localização
Contato
Exames oferecidos
Solicitação de exames
Planos de Saúde
Aconselhamento
Teste de Paternidade
Banco de DNA
Pesquisa genética
Cadastre-se
Sugestão/reclamação
Cadastre seu curriculum
ROL ANS 2016
CBHPM
Galeria de Fotos
Projeto Genoma
CID Doenças genéticas
Associações de apoio
Login



  .: Teste de Paternidade e Maternidade em DNA

É possível guardar o material genético de um indivíduo para possível uso futuro deste DNA em teste de paternidade, mesmo após a sua morte?

Sim, isto é possível por meio de laboratórios que disponham de um Banco de DNA. Basta que o interessado autorize através de declaração lavrada em cartório a coletar o seu sangue, extrair DNA e estocá-lo "ad perpetum". A autorização deve incluir a possibilidade de usarmos o DNA mesmo após a morte do indivíduo, se houver dúvidas em relação a possíveis filhos biológicos deste indivíduo. Esta prática cada vez mais freqüente é de grande utilidade para evitar os constrangimentos morais e psicológicos gerados quando da necessidade de futuras exumações. Nestes casos, o Laboratório deve seguir uma série de cuidados extras, como, por exemplo, estocar 50% do DNA em sua própria sede e os outros 50% do DNA em outro ambiente físico sigiloso.

[ Voltar ]